13 de out de 2010

PORQUE PROSPERAM OS ÍMPIOS?

Esta semana me encontrei com um amigo e este não estava tão bem. Conhecendo superficialmente seu problema dei-lhe um conselho não tão específico, mas válido. “Em meio às lutas, tendemos a ver as coisas numa tonalidade cinza, embaçada. Fique perto dos amigos, pois nestes dias de cegueira, eles te ajudarão a, pelo menos, enxergar as coisas como elas realmente são”.
Isto influenciou o meu olhar sobre minha estante. Vi lá um título que muito ajudou na minha maturidade cristã, e quero compartilhar com vocês.

O Título “Por que prosperam os ímpios?” de D.M Lloyd Jones, parece de longe um tema para aqueles crentes mais fracos, que não aceitam a vontade de Deus, tão puramente e simplesmente.
Se você pensou assim, então me enquadrou neste grupo, juntamente com milhares de outros crentes e inclusive do salmista que é a inspiração deste livro. (Mas nós lhe perdoamos por isso, rs).

O Salmista é Asafe. Um homem como você e eu. Com seus questionamentos inquietantes sobre as “injustiças da vida”. Porque o homem mau vive em segurança, bons negócios, boa saúde, enquanto que o homem de Deus vive algumas vezes até na penúria? Se isso já lhe passou pela cabeça, sugiro de imediato, duas leituras: Salmos 73 e, logo em seguida, este livro: “PORQUE PROSPERAM OS ÍMPIOS?”.

Para mim, uma das grandes sacadas deste livro é a forma de resolver o conflito. Livro que não apresenta opções para dar cabo do problema, não é livro. Pode ser no máximo um fórum de discussão transcrito. Mas este mostra não apenas uma opção viável. Ele é certeiro, contundente.

Quando o salmista estava no ápice de sua crise, teve uma brilhante idéia: [...] entrei no santuário de Deus; então entendi eu o fim deles. Salmos 73:17.

Caro leitor, o que vem depois disto fica por sua conta, nessa excelente indicação de leitura.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Sabias palavras, porque já ouvi muitas pessoas falarem isso a respeito do porque os impios prosperam e os "evangelicos" não, esse livro é uma ótima dica para meditarmos a respeito dessa pergunta, pois ele ajuda a enxergarmos certas coisas e a buscar mais a Deus em sua infinita misericordia.

    ResponderExcluir
  3. Depois que li esse post, lembrei do conselho que Lutero dava aos seus ouvintes. Ele pedia que orassem pelos ímpios para que eles fossem bem felizes aqui na Terra, pq grande é o tormento que os espera no inferno.

    Pode até ser uma questão de troca de papéis: O crente sofre neste mundo porque terá uma vida gloriosa no céu, de intensa felicidade, enquanto que o ímpio prospera na terra em contrapartida ao sofrimento que os aguarda no lago de fogo e enxofre.

    Não sei qual foi a explicação de Lloyd-Jones, tou até curiosa (preciso ler o livro, rsrsr)... enquanto isso, vou orando pela prosperidade dos ímpios. ;)

    Bjão pra tu, Celsin.
    Annninha

    ResponderExcluir
  4. E isso tudo que vc escreveu me lembrou um texto de Nietzsche hehe, mas isso é uma conversa mais longa, lembrarei de discutir no MSN rs.

    Lloyd Jones não explora essa idéia franciscana não, a idéia principal é o que podemos ler em Salmos mesmo, lógico com um aprofundamento no tema.

    PS: O Livro nem ficou na minha estante, já está emprestado.

    Bjão Anninha.

    ResponderExcluir
  5. Meus pais tem esse livro desde que eu era "pequena", tá bom, desde que eu era criança, tá, vai, o livro tá em casa faz muito tempo, é até uma capinha com desenho diferente desse aí, mas nunca li, tá aí uma boa portunidade!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...