1 de ago de 2013

Quando o dia nasceu – Piet Prins

Porque Julho combina com férias, a maioria das pessoas que ficam nesta condição aproveitam para atualizar a leitura daquela pilha de livros que exige mais atenção, mais reflexão. Os livros ‘fáceis’ ficam pro dia a dia, pro desestresse. Mas nessas férias eu fiz o caminho inverso... optei por ler algo mais ligth mesmo. E o livro escolhido foi “Quando o Dia Nasceu”, de Piet Prins, que foi escrito para adolescentes ou para quem, como eu, aprecia leituras infanto-juvenis como cano de escape para dias conturbados.

Eu disse dias?! Devia ter dito DIA... porque esse eu li em UM DIA. Dá pra se ter uma ideia do prazer que é lê-lo? Aquele livro que prende sua atenção e você não consegue simplesmente fechá-lo, tem logo de fazer a leitura do próximo capítulo, e do próximo, e só mais um... até que... ops, você resolve ler todo de uma vez. Rsrs!

Ele fala a narrativa da vida de Martin, um puritano que foge da perseguição aos reformados da Holanda para reencontrar seus pais, também fugitivos. Martin passa por mil e uma aventuras e apuros junto com adultos que se empenharam por ajudá-lo. É uma leitura que não só entretém, mas também encoraja os nossos corações a estarmos dispostos a sofrer todas as dores passageiras deste mundo para que desfrutemos da vida eterna.

É recomendado para todas as idades. É um excelente presente para aquela criança ou adolescente que ama ler, mas tem poucas opções de livros cristãos ao seu redor. E para aqueles que, como eu, gostam de espairecer a cabeça com livros encantadores.

Ah... julho acabou?! Não fica triste, dá um bônus de férias ao seu cérebro. Enquanto você se readapta à rotina, ele vai sentindo um pouco o gostinho de ‘quero logo as próximas férias’!! Boa leitura!!

Adquira na CLIRE



3 comentários:

  1. Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog,
    achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor,
    dando-nos boas mensagens.
    Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
    Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais,
    mas gostaria que não se sinta constrangido a seguir, mas faça-o apenas se desejar,
    decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
    Deixo a minha benção e muita paz e saúde.

    ResponderExcluir
  2. Assim não vale, é Anna Maria ou aninha de Barros? pois é que assim é dificil de encontrar, estou a bricar, na verdade foi dificil mas encontrei.Fico contente por ter aceite o meu convite, assim é mais um belo blog que tenho para visitar.Também gosto de leitura aliás enho uma boa biblioteca, mas nestes últimos meses não tenho adquirido nenhum.
    Abraço.
    António.

    ResponderExcluir
  3. Prezado Antônio,

    É Anna Maria e Anninha Barros, hahahaha!!!!

    Apoio e dou minha contribuição aqui no Baluarte e tenho o meu blog pessoal (www.anninhabarros.wordpress.com). Seja bem-vindo em ambos.

    Em Cristo,
    Anna

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...